Quem sou eu

Minha foto
Vila Real, Portugal
Podia escrever aqui muita coisa, mas nada seria tão certo e real como os pequenos desabafos aqui deixados... Desabafos de vida...

terça-feira, 28 de julho de 2009

Mais uma prova...

De volta ao meu cantinho... Faz-me falta vir a este meu espaço descarregar um pouco de mim neste fim de dia... Já se tornou um hábito, como beber café ou olhar o horizonte.
Desta vez falo do Sábado fantástico que tive... Estava estafada de uma semana puxada, das poucas horas de sono e das viagens consecutivas nas quais me deixo levar e acabo por não descansar...
Sábado tive o prazer e o privilégio de poder estar presente no 4º Pós Convivio do 1068. Caramba, como me fazia falta um momento daqueles! Parar um pouco junto de Ti Pai... E deixar-me embalar pelo que de mais belo há...O amor!
Como podes Tu pedir-me desculpa por quereres contar comigo? Como me podes pedir desculpa por me amares? Como podes baixar-Te mais que eu para tomares as minhas dores e as minhas tristezas? Como me podes amar tanto?
Ao ouvir-Te pedir desculpa só tive vontade de morrer... Como tenho sido injusta Contigo... Como tenho olhado só para mim e Te tenho afastado prepositadamente... Ainda bem que És mais teimoso que eu e não me abandonas... Por mais patetices que faça!
Apesar do cansaço desse dia, das emoções que vivi... Voltar a ver aquela paz de espirito na cara de quem servi e que sempre servirei, deixou-me de coração arrebatado... Ainda levito por cada um de voces... Até das muletas!
Pai... Quero que contes comigo... Sempre...

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Outra vez...

Uma das coisas que mais gosto de fazer é viajar... Ver a paisagem mudar à minha volta, senti-Lo, ter tempo para pensar, reflectir e contemplar. A construção deste texto começou na Sexta-Feira quando ao fim de três semanas regressei a casa. Adormeci logo que deixei de avistar o rio Tejo e acordei um par de horas depois e quando olhei para a janela para tentar situar onde estava e o quanto ainda me faltava para sentir o cheiro da minha terra... Vi, com uma força linda, brilhando ao sol a torre da igreja do Santuário de Fátima... Limpida...Nitida.
Fiz a minha oração e já não consegui adormecer outra vez. Escolhi uma pasta de musicas muito especial do meu mp3 e deixei-me levar em contemplação. Pouco tempo depois veio o por do sol, que para mim é daqueles momentos mágicos no qual o dia e a noite se misturam por momentos, acariciando a terra e todas as suas criaturas num amor infinito. Simplesmente não há palavras!
Novamente em casa, fui experimentando a reconquistada paz de espirito, vendo o mundo com aquela simplicidade de já tanta falta me fazia. Foi sendo testada ao longo do fim de semana e resistiu, apesar do complicado que é o ser humano. Ganhei novas noções de vida e reaprendi outras que já estavam guardadas à tempo de mais.
No Domingo fui à Eucaristia à Sé e tivemos a benção de sermos brindados com a presença de um grupo coral de fora que animou a Eucaristia. O resultado óbvio depois de ouvir o Pe. João e aquelas vozes Dele cantando para Ele... Mais umas lagrimitas... De felicidade, por me ser dada a oportunidade de poder assistir a tudo isto...
Na viagem de regresso, mais um por do Sol...
Para quem lê este texto, sei que são coisas banais que acontecem todos os dias... Para mim significa que as minhas feridas finalmente sararam e que novamente consigo olhar o mundo com a espontaneidade que estava a perder... Pareço novamente uma criança recem nascida e com todos os sentidos alerta a tudo o que se passa à minha volta... Sou novamente... Simplesmente eu...


quarta-feira, 8 de julho de 2009

Voar...

Acho que hoje já sou capaz... Por vezes há experiencias que não são possiveis de passar para palavras no mesmo instante... Há algumas até que não se conseguem expressar nunca, apenas se podem sentir! No passado domingo fui à Eucaristia à Pontinha, fui uma missa campal pois era a festa da paróquia. Cheguei a arfar pois já estava bastante atrasada e enquanto tentava recuperar o folego pude ver o que me rodeava...
Antes de mais comecei por ouvir uma voz familiar que ao associá-la à imagem fez-me de imediato recuar uns bons anos no tempo e voltar à manha em que me foi dada a comunhão pela primeira vez. À minha frente, no ambão estava o frei que pela primeira vez me deu O Corpo transfigurado... Não cheguei a recuperar o ritmo da minha normal respiração... Aquela voz, associada à visão da natureza no seu estado mais puro, a aragem da brisa que corria, as vozes das crianças que brincavam completamente alheadas da maldade... Tudo isto me fez levitar durante todo o dia... E pela primeira vez em bastante tempo senti asas para voar de novo... Senti de novo que pertencia ao mundo, que estava em casa.
Voltei a sentir o calor dentro do peito, aquele calor que me inundou da mesma forma na primeira vez que comunguei... À minha volta havia girassois...
"Um girassol florido num jardim, olhando a luz do sol, sorriu para mim".



domingo, 5 de julho de 2009

Mais uma pérola...

"Através do Batismo somos chamados à acção sacerdotal de Cristo"
Frei Agostinho

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Agora é a minha vez...

Este post é para ti... Minha princesinha linda! Aquela carteira marcou mesmo as nossas vidas... Passei a olhar para ti como quem olha para uma bela flor que desabrocha no jardim, coberta de orvalho. Nesta cena, o orvalho é o amor que devias ter por ti mesma e não tens... Cobre-te com o seu manto e não te deixa aproveitar o que bom há.
Quando esse orvalho vai desaparecendo, quem te observa vai vendo e conhecendo um ser lindo, sensivel... Bastante consciente do que te rodeia e talvez por isso constantemente estás inquieta e essa tua cabecinha não pára!!!!!!!!!!!!!!
Só que tal como eu, não consegues que todo o orvalho desapareça, e vais metendo nesse teu coração que não és digna Dele... Nada mais longe da verdade, porque o abrir os olhos a cada manhã é a prova que Ele te ama e que para Ele és simplesmente...LINDA!!!!!!!!!!
Nas alturas em que não O ouvires lembra-te daqueles dias que passaste junto Dele... Aqueles dias não são apenas memórias passadas... Fazem parte de ti, daquilo que és hoje e do que serás amanhã! Ele apenas quer que sejas feliz e isso basta-Lhe para Ele sorrir...
Serás ainda mais feliz quando deres conta de que fazes feliz quem te rodeia... Porque quando me lembro de ti fico com um sorriso no rosto... E sei que não sou a unica...
Amo tu... Muito!

video